REDAÇÃO CENTRAL, 01 Jan. 20 / 06:00 am (ACI).- A cada 1º de janeiro, a Igreja celebra o Dia Mundo da Paz e, como de costuma, reflete sobre a mensagem do Santo Padre, que para este ano traz como tema “A paz como caminho de esperança: diálogo, reconciliação e conversão ecológica”.

Paz é, em termo gerais, a tranquilidade que procede da ordem e da unidade de vontades, é a serenidade existente onde não há conflito; enquanto a “paz interior” é a que provém da unidade da vontade humana com a divina, a qual pode-se obter mesmo em meio a grandes dificuldades e tormentas exteriores.

São João XXIII dizia em sua encíclica Pacem in terris (Paz na terra) que “só haverá paz na sociedade humana, se esse estiver presente em cada um dos membros, se em cada um se instaurar a ordem querida por Deus”.

Do mesmo modo, São João Paulo II assinalou em certa ocasião que “neste tempo ameaçado pela violência, pelo ódio e pela guerra, testemunhai que Ele, e somente Ele, pode dar a verdadeira paz ao coração do homem, às famílias e aos povos da terra. Esforçai-vos em buscar e promover a paz, a justiça e a fraternidade”.

Oração de São João Paulo II pela Paz

Ao Criador da natureza e do homem, da verdade e da beleza, suplico:

Escuta minha voz, Senhor, pois é a voz das vítimas
de todas as guerras e de todas as violências
entre os indivíduos e os povos…

Escuta minha voz, pois é a voz de todas as crianças
que sofrem e que sofrerão
enquanto os povos colocarão sua confiança nas armas e na guerra…

Escuta minha voz, quando eu te suplico de insuflar
no coração de todos os humanos
a sabedoria da paz,
a força da justiça
e a alegria da amizade…

Escuta minha voz quando eu te falo para as multidões que,
em todos os países e em todos os tempos,
não querem a guerra e estão prontas a percorrer o caminho da paz…

Escuta minha voz e dá-nos a força
de sempre saber responder ao ódio pelo amor,
à injustiça por um total engajamento pela justiça,
à miséria pela partilha…

Escuta minha voz, ô Deus, e concede ao mundo tua paz eterna.

Baixar PDF

Fonte: Acidigital
Comentário do facebook