Na tarde desta quarta-feira (05), a delegação composta por representantes da CNBB, Cáritas Brasileira, Cáritas Suíça, União Europeia e Unicef Brasil se reuniu em Ilhéus com o governador da Bahia

O objetivo do encontro foi discutir a situação das pessoas atingidas pelas fortes chuvas no estado. Na oportunidade, o grupo partilhou as impressões coletadas a partir do acompanhamento presencial nas comunidades visitadas em Ilhéus, Itabuna e Itajuípe.
Dentre as pautas levantadas na conversa, estão a necessidade do desenvolvimento de um sistema de cadastramento unificado, no intuito de evitar a duplicidade de informações; estratégias que promovam a capilaridade do atendimento, a fim de se alcançar as comunidades mais isoladas, garantindo assim que toda a população seja contemplada pelas doações; a necessidade de se criar soluções que evitem que as pessoas atingidas entrem em situação de risco novamente – por exemplo, com a construção de moradias e a busca por aluguel social em locais fora das áreas de potencial alagamento.

O nosso bispo da Diocese de Ilhéus, Dom Giovanni Crippa, é preciso também que se adotem medidas de prevenção de desastres como o que assolou o estado da Bahia no último mês – e que se agrava no Norte de Minas Gerais e nos Vales do Jequitinhonha e Mucuri.
lembrou que a Igreja tem chegado a vilarejos longínquos, os quais, muitas vezes, não são acessados pelo poder público, reforçando o propósito de unir forças e vontades para a recuperação da vida e das condições materiais e emocionais do povo baiano.

Comentário do facebook