ORIENTAÇÕES EMERGENCIAIS PARA AS CELEBRAÇÕES LITÚRGICAS

Aos diletos presbíteros, senhores diáconos,
estimados religiosos e religiosas
e amados leigos desta nossa Diocese de São Jorge dos Ilhéus

 

Caríssimos filhos, a Santa Igreja Católica, em sua experiência tri milenar de cuidar das pessoas, como dom do Criador, sempre esteve atenta às necessidades do ser humano e às crises planetárias, que sempre foram um desafio para a humanidade, especialmente nos últimos anos, tendo como um sinal patente desta realidade a Campanha da Fraternidade deste ano.

Nesta perspectiva, tendo em vista as novas informações do caso comprovado do CORONAVÍRUS (COVID-19) e tantos outros em monitoramento Brasil afora, e visando a proteção da vida em todas as suas etapas e situações, que em si mesma é um verdadeiro patrimônio do todo existente, DETERMINO que em todo território diocesano, em caráter imediato e circunstancial, sejam observadas as seguintes orientações:

  1. A COMUNHÃO DEVE SER DADA SOMENTE EM UMA ESPÉCIE E NA MÃO, A FIM DE QUE SE EVITE POSSÍVEIS CONTATOS SALIVARES;
  2. NÃO SE DEVE DAR AS MÃOS NA HORA DA ORAÇÃO DO PAI NOSSO;
  3. O RITO DO ABRAÇO DA PAZ NA MISSA DEVE SER SUPRESSO OU SUBSTITUÍDO POR OUTRO GESTO, QUE NÃO NECESSITE DO TOQUE DIRETO DAS PESSOAS.

No mais, elevemos um clamor fervoroso ao Senhor nosso Deus, para que ele se compadeça de tantos irmãos nossos já infectados pelo Vírus, para que a sua misericórdia os alcance. Igualmente supliquemos ao Senhor, para que essa calamidade pública seja enfrentada com firmeza, primeiramente pelas autoridades deste nosso País, com medidas enérgicas, bem como por todos nós, tomando os cuidados necessários, evidenciados amplamente pelos meios de comunicação.    

 

Com minha bênção paternal,

 

Dom Mauro Montagnoli
Bispo diocesano de Ilhéus

Comentário do facebook